Tabela Salário Mínimo 2021

Salário Mínimo 2021 é a remuneração mensal de mais de 40 milhões de trabalhadores brasileiros. Seu valor, é atualizado anualmente levando em conta o índice de crescimento da economia e o índice da inflação, medido pelo INPC. Isso garante que o aumento da tabela salário mínimo 2021 sempre seja igual ou superior à inflação, garantido que o trabalhador nunca perca poder de compra, nem rebaixe seu nível de consumo.

Por isso, todo assunto relativo ao salário mínimo 2018 gera um pouco de curiosidade entre as pessoas, principalmente entre os primeiros do ano, quando o Governo Federal divulga o valor do salário mínimo referente ao ano.

Tabela Salário Mínimo 2021
Tabela Salário Mínimo 2021

Isto é considerado totalmente benéfico, pois demonstra que a classe trabalhadora está buscando se informar a respeito dos assuntos que lhe cercam. Um dos assuntos mais buscado é a tabela do salário mínimo 2021. Então, quer conhecer à tabela referente a este ano? Leia o artigo abaixo e se informe.

Tabela Salário Mínimo 2021

tabela do salário mínimo 2021 é meio pelo qual os trabalhadores ficam informado sobre os valores do mínimo referente aos anos anteriores. Esse documento é elaborado à título de informar as pessoas sobre o reajuste do valor do salário mínimo nacional.

Ano
Salário Mínimo
Salário Referência
Reajuste Salário
Mínimo
Reajuste dos Benefícios
Teto Máximo de Contribuição
Vigência
2020 R$ 1.039,00 4,1% 4,48% R$ 6.101,06 01/2020
2019 R$ 998,00 4,61% 3,43% R$ 5.839,45 01/2019
2018 R$ 954,00 1,81% 2,07% R$ 5.645,80 01/2018
2017 R$ 937,00 6,47% 6,58% R$ 5.531,00 01/2017
2016 R$ 880,00 11,67% 11,28% R$ 5.189,82 01/2016
2015  R$ 788,00  R$ 466,37 8,80% 6,23% R$ 4.663,75 01/2015
2014 R$ 724,00 R$ 439,02 6,78% 5,56% R$ 4.390,24 01/2014
2013 R$ 678,00 R$ 415,90 9,00% 6,20% R$ 4.159,00 01/2013
2012 R$ 622,00 R$ 300,05 14,13% 6,08% R$3.916,20 01/2012
2011
R$ 545,00
R$ 282,85
0,92%
— —
R$ 3.689,66
03/2011
2011
R$ 540,00
R$ 282,85
5,88%
6,41%
R$ 3.689,66
01/ 2011
2010
R$ 510,00
R$ 265,84
9,67%
7,72%
R$ 3.416,54
01/ 2010
2009
R$ 465,00
R$ 250,47
12%
5,92%
R$ 3.218,90
02/ 2009
2008
R$ 415,00
R$ 236,48
9,21%
5%
R$ 3.038,99
03/ 2008
2007
R$ 380,00
R$ 225,22
8,57%
3,30%
R$ 2.894,28
04/ 2007
2006
R$ 350,00
16,667%
5%
R$ 2.801,56
04/ 2006
2005
R$ 300,00
15,38%
6,355%
R$ 2.668,15
05/ 2005
05/2004
R$ 260,00
8,3333%
4,53%
R$ 2.508,72
05/2004
01/2004
R$ 2.400,00*
01/ 2004
04/2003
R$ 240,00
20,0000%
19,71%
R$ 1.869,34
06/ 2003
2002
R$ 200,00
11,1111%
9,20%
R$ 1.561,56
06/ 2002
2001
R$ 180,00
19,2052%
7,66%
R$ 1.430,00
06/ 2001
2000
R$ 151,00
11,0294%
5,81%
R$ 1.328,55
06/ 2000

Aumento do Salário Mínimo 2021

O salário mínimo 2021 foi anunciado nos últimos dias úteis de dezembro de 2020. A confirmação do valor salarial veio após a publicação do decreto no Diário Oficial da União. Na ocasião, o Governo anunciou um aumento na tabela do salário mínimo equivalente à 6,47% no valor do salário mínimo.

Portanto, o valor do salário mínimo saiu de R$ 998,00 para R$ 1.045,00, o que corresponde à um aumento de R$ 47,00.

Entretanto, o valor do salário mínimo 2021 ficou acima do valor que era discutido em agosto de pelas autoridades. Na ocasião, o valor do mínimo 2021 seria de R$ 1.020,00.

Como é Calculado o Salário Mínimo 2021

Esta é uma dúvida muito comum entre a classe trabalhistas. Não é difícil encontrar pessoas que possuem algumas dúvidas relacionada à sua remuneração, inclusive como é calculado o salário mínimo 2021.

As autoridades do Governo Federal definem o valor do Piso Salarial levando em consideração:

  • A Inflação do ano anterior, medida pelo INPC;
  • O aumento do Produto Interno Bruto, denominado como PIB, de dois anos antes. Nesse caso, o PIB relativo ao ano de 2016.

Mas, como o produto interno bruto de 2016 teve resultados pouco positivos, a variação baixa do PIB, de apenas 0,50%, fez com que o valor do salário mínimo fosse reajustado pela inflação + 0,5%.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos, DIEESE, é a primeira vez desde 2013 (quando começou a registrar os índices) que a tabela do salário mínimo não teve um aumento real, ou seja, um reajuste acima da inflação.